Escola do Rei Pelé

 

Início > Imprensa > Detalhe

 

Confira as matérias que saíram na imprensa sobre a Escola do Rei.

 

14/08/2009 12:00 | Craques movimentam a "Escola do Rei"

Os garotos da "Escola do Rei" receberam ontem (13/08) visitantes ilustres no campo de grama sintética no Bairro do Boqueirão, em Santos: o coordenador da equipe do Litoral FC /Jabaquara AC, Manoel Maria, e os jogadores do Santos FC, Neymar e Paulo Henrique Ganso. A presença de craques da antiga e da nova geração do Santos movimentou o "rachão" da turma do período da tarde e teve o objetivo incentivar os futuros atletas. "Treinem bastante, pois este é o nosso lema", disse Neymar para uma platéia atenta. "O treinamento é fundamental para que possamos brigar pelos nossos objetivos", acrescentou Ganso.

Manoel Maria destacou, além da necessidade dos treinamentos, a importância de os jovens continuarem estudando muito, pois cada vez mais este é um diferencial do jogador de futebol. E falou do sonho que todo garoto tem de se tornar jogador profissional.

Afinal, vários talentos revelados na Escola do Rei já integraram a equipe Sub-15 do Litoral /Jabaquara, que na atual temporada passou mais uma fase do Campeonato Paulista. Ontem, ao acompanhar a aula dos garotos, Manoel Maria convidou Cassiano, de 14 anos, para treinar no campo da Caneleira, a sede do time.

Tanto a Escola do Rei quanto o Litoral /Jabaquara é fruto da parceria e a amizade dos empresários Edson Arantes do Nascimento e Pepe Altstut. No caso da escolinha, além de visar a inclusão social por meio do futebol - a grande paixão do Rei Pelé -, ela também busca revelar novos talentos.

Já o Litoral FC foi criado para introduzir o jovem talento no futebol profissional. No ano passado, por meio de uma parceria com o Jabaquara AC, o "Leão da Caneleira", o Litoral /Jabaquara ampliou seu espaço no cenário esportivo estadual e nacional com a formação de um time competitivo.

Além dos resultados positivos no Sub 15, a ideia de Manoel Maria é iniciar a preparação de elencos para no ano que vem disputar o Sub 11 e o Sub 13.

Conforme informou o diretor da Escola do Rei, Fábio Ballerini, novas turmas estão sendo formadas com garotos de 5 a 15 anos, nos horários da manhã e tarde. Para se inscrever é necessário uma foto, atestado médico e estar acompanhado dos pais. As aulas de uma hora e meia acontecem de segunda a sexta-feira.

Aos sábados, por meio de parceria com a Associação Camisa 10, a Escola do Rei atende gratuitamente 50 crianças especiais. Trata-se de um projeto social que tem a participação de várias instituições da cidade, como a APAE, Up & Dow, Escola Especial Eduardo Ballerini e Associação Multidisciplinar de Esportes (AME).

Serviço - A Escola do Rei funciona na Avenida Conselheiro Nébias, 627, Boqueirão, em Santos, telefones (13) 3221.7730 e 3221.7822.


Fonte: Titan Comunicação